Pesquisa personalizada
A Terra não nos Pertence...

quarta-feira, 16 de março de 2011

Caminho feito a dois!


Sabe melhor quando se caminha a dois,
É mais quente sentir os teus passos,
Faz-me sentir maior que nunca,
Contigo, nada mais tem tanta cor...

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Que bom... o Sol!

Este sol de hoje só me faz recordar fins de tarde de Verão...
Quase que cheira a Primavera... e já não falta muito, não!

Que saudades de pisar areia quentinha, mergulhar nas águas frias, deitar de papo para o ar!
:)

AMIGO... ESTÁ QUASE :)

sábado, 5 de fevereiro de 2011

Até sempre Carlita!


eu ia saindo, ela estava ali
no portão da frente
ia até o bar, ela quis ir junto
"tudo bem", eu disse
ela ficou super contente
falava bastante,
o que não faltava era assunto
sempre ao meu lado,
não se afastava um segundo
uma companheira que ia a fundo
onde eu ia, ela ia
onde olhava, ela estava
quando eu ria, ela ria
não falhava
noa dia seguinte ela estava ali
no portão da frente
ia trabalhar, ela quis ir junto
avisei que lá o pessoal era muito exigente
ela nem se abalou
"o que eu não souber eu pergunto"
e lançou na hora mais um argumento profundo
que iria comigo até o fim do mundo
me esperava no portão
me encontrava, dava a mão
me chateava, sim ou não?
não
de repente a vida ganhou sentido
companheira assim nunca tinha tido
o que fica sempre é uma coisa estranha
é companheira que não acompanha
isso pra mim é felicidade
achar alguém assim na cidade
como uma letra pra melodia
fica do lado, faz companhia
pensava nisso quando ela ali
no portão da frente
me viu pensando, quis pensar junto
"pensar é um ato tão particular do indivíduo"
e ela, na hora "particular, é? duvido"
e como de fato eu não tinha lá muita certeza
entrei na dela, senti firmeza
eu pensava até um ponto
ela entrava sem confronto
eu fazia o contraponto
e pronto
pensar assim virou uma arte
uma canção feita em parceria
primeira parte, segunda parte
volta o refrão e acabou a teoria
pensamos muito por toda a tarde
eu começava, ela prosseguia
chegamos mesmo, modesta à parte
a uma pequena filosofia
foi nessa noite que bem ali
no portão da frente
eu fiquei triste, ela ficou junto
e a melancolia foi tomando conta da gente
desintegrados, éramos nada em conjunto
quem nos olhava só via dois vagabundos
andando assim meio moribundos
eu tombava numa esquina
ela caía por cima
um coitado e uma dama
dois na lama
mas durou pouco, foi só uma noite
e felizmente
eu sarei logo, ela sarou junto
e a euforia bateu em cheio na gente
sentíamos ter toda felicidade do mundo
olhava a cidade e achava a coisa mais linda
e ela achava mais linda ainda
eu fazia uma poesia
ela lia, declamava
qualquer coisa que eu escrevia
ela amava
isso também durou só um dia
chegou a noite acabou a alegria
voltou a fria realidade
aquela coisa bem na metade
mas nunca a metade foi tão inteira
uma medida que se supera
metade ela era companheira
outra metade, era eu que era
nunca a metade foi tão inteira
uma medida que se supera
metade ela era companheira
outra metade, era eu que era

ZÉLIA DUNCAN - A COMPANHEIRA

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Um "olá" cheio de nada!

Se uma despedida pode ter um reflexo linear num crescendo descendente, pode, por sua vez, tornar-se num brilho claro de um luminoso sorriso... Ambas numa fantástica mistura de emoções!

Complicado se torna perceber que um "olá" pode estar esbanjado de nadas, numa total banalidade de ironias ignorantes ou de fúteis sentidos desinteressados... E daqui se espera... um "nada"!

quarta-feira, 31 de março de 2010

domingo, 14 de fevereiro de 2010

We are the World - 25 for Haiti

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

Ele há coisas!!!

domingo, 8 de novembro de 2009

UM DIA TUDO SE RESOLVE...

Por vezes achamos que tudo está ao contrário, não é!? E muitas vezes está mesmo!
A questão é: será que devemos baixar os braços!?
Como alguém me disse muitas: "O que não nos mata apenas nos torna mais fortes!"
E olha que até é verdade...
mas outra verdade dita por um outro alguém... "para a frente é que é caminho, e com ânimo e boas energias tudo se resolve"

É por isso que se deve é seguir em frente, não esquecendo que o nosso passado não é uma porta fechada lá atrás, mas uma folha de um diário que guardamos na gaveta da mesinha de cabeceira!

"Façam favos de ser felizes" (Esta é mesmo do Raul Solnado!)

segunda-feira, 27 de julho de 2009

o Dia 7


Hoje tenho o meu dia 7... passo a explicar:

Hoje, dia 27 de Julho (mês 7), às 14:30, completei 27 anos, 7 meses, 7 dias e 7 horas.

Por isso, cá uma beijoca de todos! :)

terça-feira, 21 de julho de 2009

O cão... abandonado!


O cão é um animal fiel... as pessoas nem tanto!
O cão por nós quando chegamos a casa... Por vezes é mesmo primeiro a cumprimentar-nos... sente quando estamos tristes e simplesmente fica ao pé de nós!
Ama-nos porque sim!
Ama-nos porque somos os seus donos...
Gostam que lhe demos atenção, carinho...
Percebe muitos dos nossos gestos, tons de voz, palavras, hábitos diários...

O meu cão por exemplo, percebe quando vai de férias... temos de colocar tudo nas malas quase às escondidas porque se não fica muito agitado e quando o levo à rua não consegue fazer as necessidade querendo apenas chegar ao carro e entrar...

Mas há uma coisa que os cães não percebem...

- Porque estou sozinho na rua!?
- Qual a razão dos meus donos me deixarem neste sítio que eu não conheço e foram embora...?
- Os meus donos vão voltar para me buscar? Quando?

(eu também não compreendo!)

Infelizmente já começam a aparecer uns cães abandonados por aí!!!
É a estas pessoas que deviam acontecer aqueles azarzinhos do dia-a-dia... dois furos no dia em que vão de férias, o carro roubado num país estrangeiro, gripe A, perderem a carteira no primeiro dia de férias (de preferencia num país estrangeiro que não tenha consulado português), assaltarem-lhes a casa... entre outras coisas!
Desculpem... mas não compreendo "pessoas" que fazem isto!

quinta-feira, 16 de julho de 2009

Ai como é bom o AMORE

sexta-feira, 26 de junho de 2009

MJ - a minha favorita

sábado, 23 de maio de 2009

Foto do Mês

A minha definição dos Açores é esta:


AÇORES, Terceira. @NunoVeras



As cores são únicas...
O azul do céu e do mar,
O castanho e o verde dos campos,
o cinza dos muros de pedra,
o preto e o branco das vacas!
Simplesmente perfeito,
Simplesmente imperdível!

quarta-feira, 6 de maio de 2009

Vivam a vida! :D

domingo, 3 de maio de 2009

A minha Mãe!


"A minha mãe é a melhor mãe do mundo..."

É uma frase comum e recorrente nestes dias... mas esta frase devia ser escrita por mim!

Eu tenho mesmo a melhor mãe do mundo...
Primeiro deu-me o que de mais precioso tenho: a vida
Depois, não contente ofereceu-me a vida que tenho hoje...
Para isso teve um enorme trabalho a educar-me,
Ensinou-me tudo que devia saber para crescer,
Ensinou-me a ser criança... a rir... a brincar,
Deixou-me fazer as asneiras para depois me reprimir,
Deixou-me ser bonzinho para depois me elogiar...

A minha mãe é mesmo a melhor do mundo...
Deu-me a infância que desejo a todos,
Um infância de alegria, cor e movimento.
Deu-me a adolescência possível,
ou não fosse a época mas complicada.
Deu-me todas as oportunidades de poder ser eu
E eu fui... hoje sou eu assim porque assim pude ser!
Amo a melhor mãe do mundo que é minha...

É certo que não é a mãe perfeita...
Deixou-me esquecido no supermercado quando era miúdo
Não me ralhava sempre que eu precisava ouvir,
Deu-me quase sempre aquilo que eu queria ter...
Facto é que eu não sou o filho perfeito...
Esquecia-me de agradecer os pequenos gestos,
Por vezes fui mal educado num momento mais descontrolado,
Não respeitei sempre os valores da família...
Mas é assim mesmo!
É por isto que eu amo a minha mãe!
A melhor mãe do mundo...

domingo, 19 de abril de 2009

A Ode da Original Rotina

Óh da casa!
De manhã o atraso cresce,
O stress nasce para um novo dia!
Mal começa e já tudo mexe:
Gente para trás e para a frente,
Para todo o lado...
(parece um carreiro de térmitas!)
Cada um no seu carro,
Cada um para o seu destino!
O mesmo...
Cada um na sua Rotina,
Cada um para a sua vida!
A mesma...
Ao fim de mais um dia, e outra vez:
Dejá vú...

Porquê tornar este dia igual ao anterior?
Acordar às oito,
Vestir em dez minutos,
Beber um copo de leite
Comer torradas com manteiga!
Inventaram o chá, as bolachas e o doce para quê?
Tantos caminho diferentes,
Mas já nem se escolhe, vai-se pelo de sempre...
É por ser mais rápido?
Porque não acordar às sete e cinquenta,
E escolher um outro caminho?
Se calhar passa-se por um jardim,
Se calhar tem uma árvore,
Se calhar ouvem-se os pássaros...
E se se parar para ver?
O vento a fazer bailar as folhas verdes...
Ou vê-as cair no Outono!
Não será diferente?
Observar...
Nunca o fazemos,
Limitamo-nos a olhar!

Não será um suicídio mental,
Obrigar os nossos olhos a verem sempre igual?

Amanhã,
Vou tornar o amanhã
Diferente do que seria amanhã!
Original...



Novembro 2002

segunda-feira, 13 de abril de 2009

Foto do Mês

@NunoVeras - A Casa dos Vargos, 2009

"Casa dos Vargos, o local ideal para descansar ou passear…

Dispõe de várias alternativas desde a pura contemplação, ler um livro na varanda, descansar… ou simplesmente não fazer nada… desfrutando o “marulhar dos plátanos”… Tem também os passeios culturais nos locais interessantes a visitar no centro de Portugal – Tomar, Fátima, Batalha, Alcobaça, Nazaré, Óbidos e também a cerca de uma hora de Lisboa ou Coimbra, provas de vinho incluídas na Rota da Vinha e do Vinho do Ribatejo (Quinta do Vale Pequeno com agricultura biológica, Casal das Freiras, Solar dos Loendros, entre outros), apreciar as especialidades gastronómicas da região (lampreia, fataça, enguia, sável, cabrito) ou outras actividades

Solar rural do século XVIII e ala do século XIX, construídos sobre o núcleo do século XVII com entrada nobre, escadaria para varanda e colunas… Sala com tectos apainelados e silhares de azulejos do século XVIII.

Capela barroca (1726) com total revestimento interior em azulejos com motivos sagrados e profanos e retábulo em talha dourada."

in: A Casa dos Vargos ou no link da barra lateral!


Conheço este sítio desde miúdo piquenalho!!!


Outras referências de interesse:
Restauro da Casa dos Vargos
Blog Casa dos Vargos

sexta-feira, 10 de abril de 2009

BOA PÁSCOA

segunda-feira, 6 de abril de 2009

Capricórnio

Hoje no Metro, Secção "As Cartas" por Vera Xavier:

"Creio muito na sorte. Quanto mais trabalho, mais sorte tenho" (Emerson). "Pois, a sorte também se constrói. Não fiques à espera de milagras."

Olha que aqui estão duas coisas que muito digo... Tenho tido sorte nas minhas coisas, mas que essa sorte também foi desenvolvida por mim...


(todos os dias de semana vejo os signos por Vera Xavier... tornou-se aqui no local de trabalho leitura obrigatória por todos!)

quarta-feira, 1 de abril de 2009

O fim do Blog!

É verdade caros amigos bloguistas... devido à falta de feed back que tenho tido e do pouco que tenho nem sempre corresponde às minhas expectativas, decidi por termo a esta fase!

Espero sinceramente que tudo vos corra bem...

Beijos e abraços para todos!

Nota (2 de Abril): Efectivamente não vai acabar! Isso era o que vocês queriam... aguentem-se! Ainda consegui enganar dois! ihihihi